institutointersecao.com.br

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Home

Significado

E-mail Imprimir PDF

Por que temos tanta dificuldade de entender, de fato, o que o outro quis dizer?

"O mesmo olhar pode, em diferentes contextos, significar coisas muito diferentes, assim como palavras, gestos, sorrisos, silêncios, posturas e quaisquer formas de expressão" 

Significado é, em filosofia clínica, um tópico da Estrutura de Pensamento. Nele o filósofo clínico não significa segundo teorias filosóficas aquilo que a pessoa traz à clínica, mas estuda os modos pelos quais o partilhante atribui significados aos dados de seu existir, em outras palavras, observa o processo de significação próprio daquela pessoa.

Muitos foram os autores que tentaram estabelecer significados a priori, e cotidianamente, muitas pessoas prosseguem fazendo o mesmo: vestir assim significa..., comportar-se assim significa..., esta palavra significa..., possuir tais objetos significa...

Criamos verdadeiras prisões tentando corresponder a padrões que muitas vezes não fazem sentido a nós mesmos, e por vezes nem ao outro; geramos muitos equívocos com formas cristalizadas de ver o mundo, sem considerarmos que os significados se dão na dinâmica da existência, nas trocas, nos diálogos com o outro, no coexistir.

O leitor pode considerar complicado não termos significados estabelecidos previamente, em especial se teve uma formação que lhe "ensinou" a ler os "verdadeiros significados do universo" e agir de acordo com a interpretação "inequívoca" dos "sinais do mundo". Contudo, qual a garantia de termos "aprendido" a ler os "verdadeiros significados do universo" ao invés de termos construído uma ficção prejudicial tanto ao outro como a nós mesmos? O que nos faz crer que uma interpretação possa ser "inequívoca"? O que nos permite acreditar que há "sinais do mundo"? Até que ponto eles existem? E se existirem, sabemos de fato lê-los?

Texto publicado na íntegra no site Vya Estelar. Para ler mais, clique aqui

 

Formação em Filosofia Clínica 

Cursos de Curta Duração 2018

Panorama da História da Filosofia - De 14 de junho a 12 de julho, quintas, das 19 às 22 horas

Filosofia Clínica e Educação - 30 de junho, sábado, das 9 às 16 horas.

Cursos de Extensão Semestrais em breve os cursos do segundo semestre

Atividades gratuitas

Café Filosófico-Clínico - Toda primeira terça-feira do mês, das 19h30 às 21h30. Coordenação: Monica Aiub e Vilma Gebara - Espaço Cultural Alberico Rodrigues - Praça Benedito Calixto, 159 - Pinheiros - São Paulo - SP - Entrada Franca.

Palestra Martin Buber, a filosofia e outros escritos sobre o diálogo e a intersubjetividade. Dia 24 de junho, domingo, 17 horas, no Instituto Interseção.

Debate: Diálogo e intersubjetividade em clínica: Contribuições da Filosofia de Martin Buber. Dia 25 de junho, segunda-feira, 14 horas, no IEA-USP.

 

Cursos realizados

Introdução à Filosofia Clínica como exercício do filosofar

Filosofia Clínica como o exercício do filosofar

Reflexões sobre filosofia e medicina - Contribuições de Charles Sanders Peirce para a questão dos diagnósticos em clínica médica

Foucault e a filosofia clínica: a questão da verdade - Profa. Dra. Monica Aiub

Ortega y Gasset e o nosso tempo - Prof. Dr. José Maurício de Carvalho
Palestra de lançamento do livro Ortega y Gasset e o nosso tempo

Palestra de lançamento do livro Minorias: da Sociedade de consumo à sociedade do convívio

Transtornos mentais e filosofia clínica
Intencionalidade: uma abordagem a partir do Naturalismo Biológico de John Searle  

Introdução à Filosofia da Mente
Por que utilizamos metáforas e como as significamos? Um estudo sobre o texto Expressão e Significado de John Searle
Filosofia Clínica e Educação
A intuição em Bergson 

A lógica dos diagramas e o pensamento diagramático
 Vivências em Filosofia Clínica
 Deleuze, filosofia e arte: Pensar e sentir a existência 

Causação mental: Corpo, pensamento e saúde


 Cursos realizados em 2015


Lógica Aristotélica: Um estudo sobre o texto Primeiros Analíticos

Nietzsche e a Filosofia Clínica: A questão dos valores
Nietzsche e a Filosofia Clínica: É possível tornar-se?
O problema mente-cérebro: diálogos entre Filosofia da Mente e Filosofia da Neurociência
Introdução às Teorias da Mente
Canguilhem e o conceito de normalidade: um estudo epistemológico
Filosofia da Mente e Semótica: o pós-humano em questão
Tomada de decisão: fundamentos em filosofia, psicologia e neurociência

Filosofia clínica e filosofia prática: aproximações e distinções
Filosofia Clínica para profissionais da saúde

Filosofia da Neurociência Filosofia da Mente  e Filosofia Clínica

Filosofia Clínica para professores
Introdução à Lógica

Conhecimento e autoconhecimento em Filosofia Clínica

Introdução à Filosofia

Mediação de Leitura

Neuroeducação